Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

ver dados

Ler os outros (CXXX)

Espero sinceramente que esta geração tão qualificada e tão capaz de comparar e tirar conclusões possa um dia voltar e trazer com eles o muito que aprenderam, para serem bons chefes, bons empresários e saibam como acolher e fazer crescer os que procuram e merecem ter oportunidades. Não por solidariedade, ou porque a lei manda, mas porque, muito simplesmente, é do interesse mútuo.

Mais austeridade?

Completamente de acordo com isto: O porta-voz do CDS-PP, João Almeida, defendeu hoje que "não faz sentido falar de mais austeridade", mas que, caso seja preciso tomar "outras medidas" não se deverá resolver o problema com mais aumento de impostos. Aliás, a simples ideia de que o executivo, para cumprir o objectivo do défice, possa reutilizar o imposto extraordinário sobre o sector privado que usou em 2011 parece-me pura ficção que só passa pelas cabecinhas de alguns malucos, até pelas implicações que tal acto teria no nível de apoio ao actual Governo. Fizessem isso e bem que podiam acenar a bandeirinha branca e darem-se como derrotados.

 

Nota: se o objectivo do défice não for alcançado, este Governo ficará, efectivamente, aquém da troika. Ou seja, estará a fazer exactamente o que o PS sempre disse que faria se estivesse no poder: a aplicar uma receita mais moderada do que a que seria exigida para cumprir os objectivos inicialmente definidos. O resto é conversa - embora Seguro, pelos vistos ignorando que o actual caminho, ao que tudo indica, seja o dele, continue a dizer que aplicaria uma austeridade mais moderada do que a deste Governo. É como se a qualificação «moderada» abrangesse um eixo que vai de zero ao infinito e, sinceramente, não tenho pachorra para essa retórica política vazia de conteúdo. Mas fica a pergunta: onde estão as famosas almofadas?

Siga a festa

Rui Patricio, nuns quartos-de-final de um Euro, não precisou fazer uma única defesa para manter as redes invioláveis: parece-me um óptimo resumo da grandeza da exibição portuguesa esta noite. Pepe é gigante e Coentrão a jogar assim é de longe o melhor defesa esquerdo do mundo. Não há palavras para descrever o génio de Moutinho que, recorde-se, há dois anos nem fez parte da convocatória para o Mundial da África do Sul. Cristiano Ronaldo é o melhor do mundo a par do Messi, mas este ano, exista justiça, e a Bola de Ouro já está no bolso. Entre o azar das bolas ao poste do nosso CR7, tivemos a sorte de se ter lesionado o único jogador de que não sentiremos falta alguma. De resto, muito bem a equipa no seu todo. Siga a festa.

Extinguir a ERC

1. PS propõe Arons de Carvalho e Rui Gomes para a ERC

2. Os dois conselheiros que votaram contra foram Alberto Arons de Carvalho e Rui Gomes.

3. Na ERC dos PS's Azeredo Lopes e Estrela Serrano, o desalinhado era Luís Gonçalves da Silva, nome proposto pelo PSD. Agora só muda a relação de forças. Na magna ERC dos PPD's, os desalinhados são os do PS. Afinal, que credibilidade resta a esta entidade reguladora? E porque não extingui-la? Ah! Quanto a isso o Miguel Relvas saberá a resposta tal como José Sócrates antes dele também a sabia.

País falido

Tanta treta para pedir mais dinheiro do Orçamento do Estado para os próprios. Uma das coisas que me faz respeitar Rui Rio é precisamente o tratamento que aplicou a esta gente. Num país com as contas descontroladas, nenhuma despesa é «negligenciável».

Pág. 1/4

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

ver dados