Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-

ver dados

Partido bom, partido mau

i) A culpa do estado do país não é exclusiva de Sócrates, que só é responsável pelos últimos seis anos de governação. Contudo, a culpa será toda de Passos Coelho se não aprovar o orçamento, embora nem por um dia tenha exercido funções governativas.

ii) Quando Santana Lopes governou o país durante seis meses, segundo os analistas, levou o país para o abismo. Sócrates lidera há seis anos, doze vezes mais tempo, mas a culpa pelo estado do país é fruto de vários governos. As 'trapalhadas' foram varridas do léxico dos analistas.

iii) Quando Manuela Ferreira Leite era líder do PSD, raro era o analista que concordava com o que esta dizia ou fazia. Agora, todo o analista partilha as razões de Ferreira Leite para a necessidade do PSD abster-se no orçamento. De um momento para o outro, Ferreira Leite tornou-se uma estratega brilhante.

iv) José Gomes Ferreira dizia há dias que se Passos Coelho não deixar passar o orçamento, não tem condições para ser primeiro-ministro. Condições para continuar a ser primeiro-ministro tem José Sócrates, presume-se. Porquê que com Sócrates as coisas nunca são colocadas num plano igualmente claro e frontal? É por deferência para com quem exerce o poder? O respeitinho é bonito, evidentemente.

v) António José Teixeira disse, ontem, que Passos nunca poderia ter dito que não aceitava mais impostos. Já a Sócrates tudo é permitido dizer, incluindo o mesmo que Passos nunca poderia ter dito. Tem maior poder de escolha o entalado ou o que tem a faca e o queijo na mão?

 

O PS de Sócrates é o irresponsável a quem tudo se permite. O PSD de Passos Coelho / Ferreira Leite / Filipe Menezes / Marques Mendes / Santana Lopes é o responsável a quem tudo se exige. Que gentalha é esta que pulula no 'comentarismo' nacional? Que papel tem sido o deles, se não o de perpetuar José Sócrates, o inimputável, no posto que ocupa?

3 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-

ver dados