Sympathy for Lady Vengeance

A propósito deste pequeno apontamento de João Távora, acho que é boa altura para recordar isto: «É preciso dizer às pessoas que este tratamento não é de um ano, nem de dois. O Governo dá a entender que em 2013 já estaremos todos bem e não vamos estar todos bem.» [...] «É o orçamento de que o País precisa no sentido em que corresponde ao que nos é exigido por terceiros» [...] «Não há outra solução. Pode haver umas medidas melhores, outras piores, mas temos de percorrer este caminho», que «não pode ser desperdiçado com manobras políticas». Até porque «quem paga é quem manda».

Mr. Brown às 08:00 | link do post | comentar | favorito