Afundanços

Um exemplo muito utilizado, veja-se o vídeo do nosso querido Ed Wood português, o professor Marcelo, para ilustrar as tais negociatas luso-alemãs que foram de grande prejuízo para Portugal, mas muito incentivadas e de grande beneficio para a Alemanha, é o da compra de submarinos por parte do Estado português à empresa privada alemã Ferrostaal. A simples referência a tal negócio é-nos de tal forma desfavorável e motivo de vergonha que mais valia estarmos calados. Na Alemanha, houve gente condenada por suborno na venda dos submarinos; em Portugal, não se descobriram os subornados. Além disso, realce-se novamente esse pormenor delicioso que nunca é demais repetir: quem decidiu a compra dos submarinos é hoje ministro do actual Governo. Se o negócio dos submarinos foi ruinoso, faria sentido que o principal governante nacional responsável pelo mesmo, na melhor das hipóteses, nunca mais fizesse parte de um Governo. Mas faz. É assim a nossa democracia. Sobre o peso das nossas responsabilidades, estamos conversados. Siga o circo.

Mr. Brown às 20:38 | link do post | comentar | favorito