Eles tremem, nós sofremos

«É preciso acabar com a austeridade»; repete a maioria dos deputados de esquerda a cada novo anúncio de dados económicos negativos para o país. De cada vez que os oiço, mais suponho que a austeridade veio para ficar e que está demorada a melhoria dos indicadores económicos. Mas é assim: meus caros, os senhores da ilha abaixo assinalada agradeciam que lhes fosse indicado onde fica a árvore das patacas:

 

 

E fica a pergunta: ainda há quem ache que se Portugal ameaçasse não pagar as suas dívidas, as pernas dos banqueiros alemães tremiam?

publicado por Mr. Brown às 20:16 | link do post | comentar