O bode expiatório

Cavaco Silva fala em reponderar participação do FMI na composição da troika. Dos três membros da troika, o FMI foi o mais amigo dos países intervencionados. De muito longe, o mais realista em relação ao que devia e deve ser feito. Mas a União Europeia e o Euro são para manter e, dos membros da odiada troika, o FMI é o elemento externo à União. Fica como bode expiatório. E nós temos de alinhar na história, até porque é com os outros que teremos de continuar a lidar.

Mr. Brown às 20:08 | link do post | comentar | favorito