Prestígio internacional

Um dia a imprensa ainda vai descobrir que todos (ou quase todos - deixem-me desde logo precaver contra algum esquecimento) os nossos economistas com prestígio internacional são "liberais" (ou "neoliberais" como também se usa) e têm "ideias polémicas e/ou radicais". Ou internacionalmente andam a reconhecer prestígio a quem não devem, ou ainda descobriremos que, visto lá de fora, radicais e polémicas são as ideias económicas prevalecentes junto de alguma comunicação social portuguesa. Esta mundivisão também é algo que confirma a nossa qualidade periférica, que não é apenas geográfica.

Mr. Brown às 22:06 | link do post | comentar | favorito