Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-

ver dados

Os hipócritas da política e do futebol

Não é preciso ser muito inteligente para perceber de onde veio o dinheiro do Sobrinho que tem alimentado o Sporting. Mas o que curto mais é a malta sportinguista que tapa os olhos a isto, mas ataca o Governo e o Banco de Portugal pelo que aconteceu no BES/GES e ainda se diz muito preocupada com quem perdeu dinheiro com o sucedido. É a hipocrisia, no futebol e na política, sempre a vir ao de cima.

Marinho e Pinto

Foi pena não ter sido feita uma destas para o amigo Sócrates, material não faltaria. Mas aproveitando o texto no DN, de crítica a Marinho e Pinto muito comum nos tempos que correm pela corte lisboeta, recordo-me de outros tempos em que assim não era. Claro que o facto de se ter metido na política-partidária ajuda a explicar o motivo pelo qual o ex-bastonário é agora mais criticado, mas não é só isso: a atitude para com Marinho mudou imediatamente por parte de certos sectores no dia em que este decidiu opor-se publicamente à adopção por casais do mesmo sexo. Isso - e apenas isso - tornou-o imediamente persona non grata entre muitos dos que anteriormente eram mais tolerantes quando confrontados com as suas traquinices. É que sou do tempo em que a jornalista Manuela Moura Guedes, confrontando precisamente Marinho e Pinto com uma das inúmeras contradições que o seu discurso populista já então encerrava, recebeu resposta deste último em termos totalmente inaceitáveis, termos esses que visavam precisamente fugir a ter de dar uma resposta à contradição indicada. Se não me falha a memória, julgo não estar a ser injusto, muitos dos que agora o criticam, ou estiveram calados nessa altura, ou até elogiaram a sua performance. Mais honestidade. Menos hipocrisia.

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-

ver dados