Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

FMI tenebroso

1. Provavelmente: “Merkel vai forçar Portugal a pedir ajuda internacional”.

2. O medo de Sócrates com o FMI: a instituição tenebrosa chega a Portugal; verifica as nossas contas públicas; tem em consideração o valor do défice com que estamos comprometidos; e, se considerar que não estamos numa trajectória orçamental que permita obter o valor prometido, não irá propor como medida extraordinária qualquer truque contabilístico. Varrer a realidade para debaixo do tapete não é a especialidade do FMI. Mas proporá qualquer outra coisa e é essa outra coisa que assusta Sócrates.

3. A desconfiança de Merkel - e dos mercados - com Sócrates: os truques contabilísticos de Ferreira Leite foram uma forma de varrer a realidade para debaixo do tapete e tinham como objectivo satisfazer as cúpulas europeias. Estas últimas  - numa atitude irresponsável - fecharam os olhos e fingiram não perceber o que se passava. Já os truques contabilísticos de Sócrates e Teixeira dos Santos são mais graves, isto porque verificam-se numa conjuntura de terrível desconfiança não só das cúpulas europeias, mas também dos mercados, para com as nossas contas públicas. E se Ferreira Leite beneficiou de um fechar de olhos, no momento actual os olhos de quem nos monitoriza estão bem abertos e não deixam escapar nada.

4. O sonho de Sócrates: porquê aumentar a desconfiança dos mercados para connosco, então? Porque a dupla Sócrates/Santos, entre o deve e o haver, preferiu ganhar algum tempo à espera de uma mãozinha alemã fruto de uma qualquer alteração do que tem sido a sua posição sobre o tema da divida soberana - e essa esperança mantêm-se -, do que deixar a nu a triste realidade com que nos defrontamos e com isso verem-se obrigados a recorrer imediatamente ao FEEF.

5. Dizem alguns que a vinda do FMI representará uma machadada na credibilidade do país que se prolongará durante muitos anos. Digo eu que este período prolongado de resistência ao recurso ao FEEF - por medo do FMI - com os holofotes internacionais apontados para nós e que resultou na fiscalização activa e constante do que tem sido a prática governativa do actual executivo, se há coisa a que não tem ajudado é à credibilização do país.

6. O país contínua a optar pelo adiar da resolução dos problemas à espera de um futuro mais radioso. Como em quase todas as situações passadas em que essa foi a estratégia adoptada, acabaremos por suportar custos mais elevados do que aqueles que pretendíamos evitar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-