Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

Narrativas

Como é que este gajo, que andava e contínua a pedir eleições antecipadas, tem a lata de dizer isto. Reparem que o problema não é o de pedir eleições antecipadas, nisso até eu concordo, o problema é, aparentemente, desconhecer totalmente os efeitos imediatos que uma convocação de eleições antecipadas e a queda do Governo originarão. Ou acha Seguro que se o Presidente da República dissolvesse a Assembleia da República, como o PS ainda antes desta palhaçada do Portas pretendia, os efeitos nos mercados não seriam ainda piores do que os que se verificaram nas últimas 48 horas? Este país está recheado de imbecilidades. Por favor, tenham dó.

Napoleão

Portas demite-se. Passos não aceita a demissão. O CDS também não aceita a demissão dos seus ministros. O CDS manda Portas, o demissionário, ir negociar com Passos nova solução. Tenham dó e deixem-se de fitas. E permitam-me acrescentar este pormenor: embora Portas goze de uma protecção da comunicação social que o torna um daqueles seres incontestáveis e brilhantes, sendo que a mim sempre me pareceu que a maior especialidade dele é de longe a intriga política - por exemplo, o CDS a colocar notícias na comunicação social para minar Passos Coelho e alguns ministros tem sido brilhante -, esta coisa de decidir demitir-se logo a seguir a Gaspar e numa terça-feira foi um acto de génio. Estas coisas fazem-se à sexta-feira por algum motivo, ninguém explicou isso a Portas? Agora, temos o CDS assustado com a reacção dos mercados a tentar fugir com o rabo à seringa, o que até não é novidade, pois a hipocrisia tem sido a estratégia dominante deste desde o inicio. Se isto fosse para levar a sério, a primeira coisa que o partido teria de pedir era a cabeça de Portas. Mas, dito isto, já não há nada que salve este Governo. Zombie era, ainda mais zombie ficou.

Notas breves sobre uma crise anunciada

1. Passos cedeu na TSU. Ficou mal visto na taxa sobre os pensionistas, sendo que a aplicação da mesma foi mais que morta por Portas. Perdeu Relvas para satisfação do CDS. Iria perder Gaspar, mais uma vez, para enorme satisfação do CDS. E, para completar o ramalhete, aparentemente, devia ter dado a Portas influência determinante na escolha do próximo ministro das finanças. Bem sei que Passos é péssimo e Portas é um génio, mas, por favor, não me tomem por parvo, ok?

2. Ontem, ouvi muito as palavras garotice e infantilidade, mas fiquei sempre com a ideia que eram sobretudo dedicadas a Passos e até a Seguro. Não discordando da utilização dessas palavras para qualificar Passos, recordo que Portas deixou um secretário de Estado do seu partido tomar posse ontem. Repito: um secretário de Estado do CDS tomou posse ontem e ao mesmo tempo que tomava posse, Portas surpreendia tudo e todos com a sua demissão. Querem um desenho?

3. Alguns opinadores que massacraram o governo, ontem tinham cara de enterro. Confesso que não percebi. Achei que fossem ficar satisfeitos.

4. Malta do PS a falar em irresponsabilidade. Curioso, pensei que eles próprios andavam a pedir eleições antecipadas. Mas compreendo, é preciso começar a preparar o caminho para justificar aquilo que os próprios poderão ter de fazer no futuro e que irá contrariar tudo o que têm dito até aqui.

5. José Gomes Ferreira na SIC a lançar a ideia do governo de salvação nacional, com o nome de Rui Rio e António Costa à cabeça. Para muito boa gente, a democracia é uma coisa tramada.

6. Para terminar, a cereja em cima do bolo. Pode ser falha de memória minha, até porque não tenho por norma prestar muita atenção ao que diz, mas ontem ouvi o sociólogo socrático Pedro Adão e Silva a referir que o PS não terá alternativa à política que está a ser seguida. É outro tipo de ajustamento que virá daqui para a frente. O ajustamento discursivo. Enfim, isto seria cómico, não fosse ser trágico.

Parem de escavar

Precisamos urgentemente de um novo Governo com legitimidade reforçada nas urnas para elaborar o orçamento para 2014. Entretanto, Seguro treme só de pensar nisso e Passos e Portas andam entretidos no jogo do entalas-te tu ou entalo-me eu, numa gritante falta de consideração para com o país, aquele que não se livra de estar entalado. O que aconteceu nas últimas 48 horas permitiria-me escrever muitos posts, assunto é o que não falta, mas o que quero mais é seguir em frente. Farto disto, a sério. Não suporto ver uma repetição do que já vi aquando do PEC4, onde tudo desmoronado e governantes entalados, estes procuram uma forma airosa de abandonarem o poder e ficarem bem na fotografia. A austeridade vai continuar, mas a irresponsabilidade política é tempo de ir acabando. Nesse sentido e só nesse sentido, fica o meu apelo: parem de escavar.

Obrigado e boa sorte

 

Obrigado a Vítor Gaspar. Boa sorte à Maria Luís. O primeiro sai derrotado, mas assim é porque só fez o que lhe deixaram fazer e não o que queria e sabia que devia ser feito. Reparem que isto não é um pormenor: perdeu, mas não por culpa do rumo que seguiu e sim porque não conseguiu impor o rumo que pretendia. Além disso, comprova-se que teve a lucidez de perceber o que a decisão do Tribunal Constitucional, bem como a cedência na questão da TSU, tinham significado. Uma lucidez que aparentemente faltou a Passos Coelho, embora um dia destes talvez venhamos a ter outro conhecimento das conversas que terão existido entre o actual primeiro-ministro e o presidente da República sobre a matéria. Quanto à Maria Luís é uma pessoa competentíssima, com provas dadas neste governo, e que há algum tempo andava a acompanhar Gaspar nas viagens à Europa, estando numa posição privilegiada para não perder muito tempo a conhecer os dossiers mais quentes que o executivo tem nas mãos. Mas os motivos que levam à saída de Gaspar, são os motivos que não me levam a esperar grandes proezas da nova ministra das finanças. «Está ferida de credibilidade», já dizem os comediantes. Estes jogos de política baixa e rasteira já me irritaram mais, contudo, agora nesta fase em que o que tenho em mim é sobretudo cansaço, isto vai lá mais com o desprezo: coitados.

Briefing room

 

Aqui está o parolo do Pedro Lomba americano. Em Portugal criam-se casos do mais completo nada, até a ideia de existirem conferências de imprensa diárias tem sido motivo de pagode para muitos. O Poiares Maduro é alvo a abater e tem de ser ridicularizado - o coitado, apesar de ter um curriculum de fazer inveja, ainda não tinha aberto a boca, nem feito o que quer que fosse, e já era péssimo -, mas, neste caso, não custa perceber o lado que está a cair no ridículo.

Pág. 9/9

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-