Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-

Ouvir a sociedade

Nesta, pelo menos nesta, presumo que existirá consenso alargado: o PR deu atenção ao que dizia a esmagadora maioria da sociedade. Coisa que o Governo e a AR optaram por não fazer ao aprovarem uma lei que beneficiaria sobretudo um lóbi muito reduzido e prejudicaria quase todos os outros elementos da sociedade. Que no Governo e na casa da democracia portuguesa aproveitem para corrigir o erro.

Crescer mais do que o previsto

Claro que pode. Com o preço do petróleo nos valores actuais e o Euro em queda, é certo que o cenário macroeconómico presente no OE está errado, como clamou a oposição tuga. Ainda que no sentido contrário ao que essa malta andou a anunciar. Os factores exógenos jogam mais a nosso favor do que o Governo contava. Perante isso, 2015 arrisca ser um dos nossos melhores anos em muito tempo. Isto em ano de legislativas.

Demissão de Passos Coelho

Quando o PS diz que o PM teve um «comportamento incompreensível e inaceitável», mas serão os portugueses a demitir Pedro Passos Coelho nas eleições que estão para breve, está a dar razão a Cavaco Silva quando este remete a história da falha de pagamentos da Segurança Social por parte de Pedro Passos Coelho para o domínio da luta político-partidária, acrescentando ainda que «cheira a campanha eleitoral». Não sei o que pensavam que Cavaco podia fazer (e dizer) de diferente se nem o PS pede que Passos se demita ou Cavaco o demita. E compreende-se a posição do PS: se Passos se demitisse, presume-se que o PSD iria a eleições com líder diferente. É preferível, dá um enorme jeitão mesmo, ter o Coelho a queimar em lume branco até às legislativas que estão para breve do que arriscar apanhar com um Rui Rio.

Por outro lado

«Quem diria há um ano atrás que Portugal não precisava de um segundo resgate, que Portugal não precisava de um programa cautelar e quem se atrevia a antecipar que Portugal ia pagar antecipadamente ao FMI os empréstimos que foi obrigado a contrair?», Cavaco não dizia certamente. Uma vez que várias vezes deixou sair cá para fora a ideia de que preferia um programa cautelar. Se as coisas não tivessem corrido bem, naquela que foi uma aposta arriscada do actual Governo, invés do que disse hoje, lá estaria Cavaco com o seu «eu avisei».

O nosso PR não é um nacionalista grego

O PS, pela voz de Carlos César, ficou chateado porque o Presidente da República alinhou com o discurso do governo português e não com o do governo grego. Onde é que já se viu isto: o Presidente da República Portuguesa a alinhar com a estratégia diplomática portuguesa na União Europeia - que, presumo, seja comunicada e conciliada com Cavaco constantemente - e não com a grega. Inimaginável. Ainda pior quando o Presidente da República decidiu recordar alguns dos bons frutos que a nossa estratégia tem possibilitado. Inadmissível.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
-