Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

Negócios da China

Boas novas que nos chegam no domínio das relações luso-chinesas: quer as exportações para a China cresceram 67,9%, quer os chineses andam a investir em Portugal. Relacionado com isto, reparem qual o ministro neste Governo que anuncia os investimentos estrangeiros geradores de emprego: Paulo Portas. O líder centrista sabe-a toda. Mas muito mais importante do que estas questões de visibilidade serão os resultados obtidos e nesse ponto acho que foi uma boa decisão entregar a tutela da AICEP ao actual ministro dos negócios estrangeiros. Que a «diplomacia económica» corra pelo melhor. O país agradece!

EDP - Three Gorges

Ganhou quem ofereceu mais e, além disso, parece-me uma óptima decisão estratégica a de abrir a nossa economia ao capital chinês. Pedro Guerreiro faz o resumo do negócio: «O capital foi mais importante que os lóbis brasileiro e alemão». António Costa converge: «Pedro Passos Coelho pôs o racional económico à frente dos interesses (leia-se pressões) políticos e isso é o melhor cartão de visita para um governo e um País que precisa de investimento estrangeiro como nunca precisou na sua história recente». Resta a ironia de concluirmos a privatização de uma empresa portuguesa com a venda a uma empresa controlada pelo Estado comunista chinês. Mas quanto a isso permitam-me ser pragmático: se é na China que está o dinheiro, venha ele.

A factura por revelar

Teixeira dos Santos foi a Pequim pedir ajuda financeira ao governo chinês. Andou de mão estendida a ver se deixavam cair alguma moedinha e terá sido bem sucedido. O governo chinês "acredita no esforço português para consolidar as contas públicas e recuperar o crescimento económico", diz-nos o ministro desesperado. Quando os chineses cobrarem-nos o favor, logo veremos aquilo em que os chineses acreditam.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-