Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

Imaginem

Pondo de lado o estilo, que é muito diferente - o outro era mais feroz, estes são mais bananas -, imaginem por um momento que quem nos governa desde 2011 chama-se José Sócrates e aplicou precisamente as mesmas medidas que foram aplicadas nos últimos três anos. Não custa admitir que, perante isso, de há muito a esta parte teríamos a direita em peso a pedir uma revolução; a queda do Governo; o que fosse necessário para correr com Sócrates do poder. Mesmo que não fosse Sócrates, para mais facilmente ignorar o estilo, pensemos num tipo como Seguro como PM deste país a aplicar precisamente as mesmas medidas que aplicaram Passos e Portas (o que, mais TC, menos TC, seria totalmente plausível). A mesma coisa: a direita, em uníssono, não se cansaria de chamar banana a Seguro e estaria a exigir a sua cabeça a Cavaco Silva. Feito este exercício, confesso que tenho alguma dificuldade em perceber o que levará alguém de direita a ir votar nos partidos deste Governo nas próximas eleições legislativas. Mas isso deve ser problema meu, que tendo a validar a eficácia e eficiência de um Governo mais pelo que efectivamente faz do que pelas intenções manifestadas (não vou ao ponto de achar que, no plano das intenções, não existiriam motivos para a direita preferir o PSD e/ou o CDS ao PS, mas a coisa restringe-se demasiado ao plano das intenções). Entretanto, consta que o governo mais liberal da história de Portugal, depois de proceder ao maior aumento fiscal de que há memória, prepara-se para tornar a subir o IVA. Se o neoliberalismo é isto, quero de volta o socialismo moderado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-