Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Os Comediantes

We mustn’t complain too much of being comedians—it’s an honourable profession. If only we could be good ones the world might gain at least a sense of style. We have failed—that’s all. We are bad comedians, we aren’t bad men.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-

Aumentaram as desempregadas

Abortos entre desempregadas aumentam 13,6%. A propósito desta notícia gostava de lembrar que estimava-se em 669 mil os desempregados no final de 2010 o que compara com os 791 mil no final de 2011, um aumento de 18%. Perante isto, estranho seria que o número de mulheres desempregadas a abortar não tivesse aumentado. Parece-me que o mais importante a retirar dos dados agora disponíveis é a relativa estabilização do número de abortos, apesar da crise.

No seu pior

Quando ontem pedia um tema que não o das sondagens, não imaginei que o dia de hoje fosse passado a discutir o referendo ao aborto. Noto contudo que este tópico já não foi empurrado pela comunicação social para o baú dos casos de campanha, embora manifestamente não merecesse a chinfrineira que originou. Muito curioso. Notei também como Sócrates, o chocado, entre várias outras declarações demagógicas afirmou - numa mini-entrevista a Carlos Daniel na RTP - que Pedro Passos Coelho não se conforma com o resultado do último referendo à interrupção voluntária da gravidez. Recorde-se que fala do mesmo referendo em que Passos Coelho votou sim e o sim ganhou. Sócrates nesta campanha recorda-me, cada vez mais, Louçã no seu pior. Para mais, é ler o José Maria Gui Pimentel que diz o essencial sobre o caso. E já só faltam 10 dias para nos livrarmos de José Sócrates.

Ultras

Ainda vão transformar o político ultraliberal no político ultraconservador. Não é preciso tanto, até porque o homem disse que concorda com a legalização da interrupção voluntária da gravidez. De resto, este piscar de olho, sem efeitos práticos, do PSD ao eleitorado do CDS, já me permitiu assistir a uma declaração onde José "ainda estou a estudar" Sócrates se mostrou ultrachocado com as afirmações de Passos Coelho e a esquerda ultramoderna já veio alertar contra um suposto retrocesso civilizacional. Admirável mundo novo.

Mr. Brown

foto do autor

Comentários recentes

  • twitter

    Até fui lá espreitar ao twitter.Não passam de umas...

  • Mr. Brown

    Não é amuo. É mudança de vida. :)

  • Izhar Perlman

    Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...

  • E esse amuo?

    E esse amuo? Continua?

  • Twitter

    E esse Twitter?A passarinhar?Você ficou mesmo amua...

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

-